terça-feira, 2 de junho de 2009

Maré

Existe muita coisa que a gente nem imagina compreender. Por isso, temos direito de criar a explicação para o que quisermos.
Com relação à coincidências, quando a gente recebe um telefonema de uma pessoa que você está pensando naquele exato momento, quando alguém fala uma coisa que você está pensando, ou começa a cantar a mesma música. Enfim... várias dessas coisas fodem a minha cabeça.
Penso em algumas possíveis justificativa para tal.
Uma dela era o mito dos 10% cerebrais. Apostava todas as minhas fichas nela, foi uma decepção quando soube que era furada. Desde então, nenhuma outra coisa me convenceu.
Posso pensar o que quiser do inexplicável, por isso tirei uma conclusão.
Quem ganha, ganha mais! (em um jogo de poker, por exemplo).
Quem está ganhando ganha mais, e quem perde, perde mais. Repara nisso! É a maré. A maré faz com que as cartas de irão virar do monte, mude os nipes e números de acordo com quem está nela. Como mágica. Isso rola mesmo. A maré.
Quem vai falar que é mentira?

6 comentários:

Cris disse...

Não tente acabar com o mistério das coisas. Tira a graça da vida.
Deixe que as coincidencias sejam emocionantes.

Bjooos S2

ivan delgado disse...

Eu discordo. A física quantica diz que quando você acredita que algo vai dar certo dá certoe se você acha que vai dar errado dá errado. Ao ganhar você se anima em ganhar e por isso ganha mais pensando que vai ganhar mais.E vice versa. =)

Li disse...

Eu crio explicações para o cotidiano. Geralmente, quando algo sai da minha linha, eu me culpo. Como se aquilo que tivesse acontecido fosse um castigo por algum coisa que eu fiz errado, exemplo uma atitude, um pensamento.
Quanto ao jogo de poker, não acho que você esta certo. Um bom jogador não depende da quantidade de fichas e sim de boas técnincas. Um vencedor, pode perder tudo por um "blefe" de alguém que não tinha nada. A única explicação para o jogo é simplesmente a SORTE.

Anônimo disse...

Vai além da sorte. A sorte é inexplicavél, entao posso criar a explicação que quiser!
Bom texto!

André disse...

Por mais que seja pequeno, sempre tem o lado positivo. Encontre nele o seu conforto.
Isso estava na minha mensagem do msn e acho q está ligado ao texto, pelo menos o do Ivan, se me dá a liberdade de comentar o dele.
Que coincidência heim. Ou é a maré positive vibrations. auhauhauah

Bom o texto, mas na minha opinião precisa de uma boa estratégia pra continuar na maré.
Ai vem a questão:
A maré depende da estratégia, ou a etratégia depende da maré?".
tilt

José disse...

"Penso em algumas justificativas para tal..."
Aí é que está a grande questão,não só para esse tema, mas para todos.
Nem sempre temos justificativas a pensar ou elencar para as circunstâncias.
Às vezes é melhor não interrogar, deixar rolar, e mais tarde encontrar a solução sem querer. Como quando procuramos um objeto desesperadamente, não encontramos, e depois sem querer ele aparece.
Tem coisas na vida que tem a sua justificativa,mas não estão na sua cara,um dia ela aparece.
Quanto mais objetivos tivermos, menos escondidas elas se mostrarão,pois só farão parte, e estarão no seu devido lugar.
Quanto menos procuramos, mais encontramos, pois as coisas chegam sem sofrimento.
O duro é por em prática essa teoria toda...