quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Música e Perfume

É louco quando você tem uma opinião e conhece algo de alguém que bate e completa com que tinha pensado.
Ocorreu-me quando uma amiga me mostrou um documentário da Maria Bethânia, onde ela comenta do imediatismo da música e do perfume em função do tempo e espaço.
É impressionante o poder que ambos tem.
Quando se sente um cheiro ou se ouve uma melodia já marcante na vida, é como se nos tele-transportássemos até o local vivido relacionado.
Há esse imediatismo, também, não só com esses dois sentidos relacionados à audição e ao olfato, mas sim com todos os outros três, dos cinco existentes. Num lugar onde o clima te lembra outro, quando o gosto da bala lembra a fruta e ainda
quando as coisas se parecem visualmente, o próprio dejavu é uma prova disso, mas com música e perfume é mais intenso, e talvez, o sexto sentido, seja justamente essa sensação de viajem do pensamento no tempo.
Quando sentires minha falta, ouça minha música, sinta meu cheiro que me encontrarás mesmo que seja em pensamentos. Torne realidade essa sensação que pode se transportar para qualquer lugar que desejas à qualquer hora e na frente de qualquer pessoa.

6 comentários:

Andrea disse...

Poxa Dani que bacana isso tudo, e toda vez que eu assisto esse documentário fico com os meus sentido bem apurados.
M.B faz bem a alma...
beijos
Laura

Anônimo disse...

Não há nada mais mágico do que perfumes. Eles sao capazes de te transportar para qualquer lugar, para qualquer momento, ao lado de qualquer pessoa. É uma força inevitavel e incontrolavel.
Músicas tem o mesmo efeito, mas acredito que transporte para momentos mais especiais, marcantes.

Adoro quando estou com uma idéia em mente, e alguém que nem imagina que se está pensando nisso, diz algo relacionado.

Ciça disse...

Dani, há tempos estou para ler o que você anda escrivinhando e hoje, sem mais nem porquê, resolvi parar e dar uma lida no que este amigo tão querido anda pensando. Gostei muito do que li. Você é especial. Precisamos, além dos perfumes e músicas, uma conversa, com vozes, sons, carne e osso. Vamos marcar! Um grande beijo!

wendell penedo disse...

credo cara...que medo disso, parece nota suicida...uhAHUahu

Anônimo disse...

adorei... seus textos são ótimos!!!
=D beejo

Fernanda disse...

Talvez o momento pode ter tocado a alma, e a alma seja mais que a uniao de todos os nossos sentidos. Essa capacidade de teletransporte eh real.... velocidade do pensamento... nao estamos tao longe disso creio eu =)

Beijinhos