sexta-feira, 19 de junho de 2009




3 comentários:

Ann disse...

É por isso que às vezes sinto saudades da minha infância. Quando se é criança o padrão não existe para nós. Mas é enfiado em nossas mentes à força até que sejamos robôs padronizados. :T

Abraço!

Paloma. disse...

amém. não tem melhor do que ser o que se sente. por isso,amém. - p.s.: letra bonita.

Daniel Simonian disse...

valeu Palona! =)