quinta-feira, 12 de março de 2009

Noite

Tinha esquecido como é bom chegar em casa depois de um dia foda. Foda no sentido de longo, duro, pesado. Fazia tempo que eu não tinha essa sensação, não que eu não o fizesse quase sempre, mas é que ela nem sempre vem. Veio, talvez, por ter sido mais pesado que o normal.
Essa que passa o dever cumprido, ter motivo real para deitar na sua cama, fechar os olhos e dormir. Descansar de verdade. Não que não fazer nada não canse.
O dinheiro que você ganha em um dia, junto com a satisfação dele, o dia, se complementam.
O dia é bem melhor assim, a noite é bem melhor assim.
Falando em noite ai vai uma descrição dela pela Clarisse.

"E de noite o jardim era ocupado pela secreta urdidura com que o escuro se mantém, num trabalho cuja existência os vaga-lumes inesperadamente traem; certa unidade também denunciava o labor. E a noite era um elemento em que a vida, por se tornar estranha, era reconhecível."

6 comentários:

van delgado disse...

Claro que as noites de quarta, quinta, sexta, sábado e domingo não se aplicam, pois são noites de final de semana.

Cris disse...

Nada como uma noite bem dormida, pra aguentar o dia seguinte...
E a sensação de dever cumprido, é um ótimo sonifero.

S2

Lucas disse...

resenha mortaaaaaaa
AHUAHUHAUhuahuA
sim vamos durmir q eh melhor!
e perder dinheiro no poker! :(

André disse...

uahauauhauah to contigo quengueng. Mas o dinheiro é meu.. mtu obrigadooo...

André disse...

uahauauhauah to contigo quengueng. Mas o dinheiro é meu.. mtu obrigadooo...

wendell penedo disse...

"O homem é tão bem manipulado e ideologizado que até mesmo o seu lazer se torna uma extensão do trabalho."
Theodore Adorno